Transparência Internacional

Construção coletiva promoverá maior pacote contra a corrupção do mundo

Agora a iniciativa da Transparência Internacional com a FGV Direito Rio e FGV Direito São Paulo está aberta à participação de toda a sociedade até 02/04

Publicado para | Destaque | Notícias em 13 de março de 2018 11:10

A Transparência Internacional se uniu à FGV Direito Rio e à FGV Direito São Paulo para promover uma construção coletiva do maior pacote de medidas contra a corrupção já produzido no mundo. Investigações e operações contra a corrupção são importantes, mas é preciso ir além e enfrentar as causas estruturais desse problema social.

A TI compilou as experiências mais bem-sucedidas no enfrentamento da corrupção nos mais de 100 países em que está presentee somou a esta seleção soluções originais e ideias com grande potencial desenvolvidas aqui mesmo no Brasil, através de consultas com cerca de 350 instituições nacionais. As Escolas de Direito do Rio e de São Paulo da FGV contribuíram com a adaptação destas medidas à realidade brasileira e na reunião de dezenas de especialistas que trabalharam diretamente na redação e revisão das propostas.

O pacote das Novas Medidas contra a Corrupção resultante deste processo é formado por mais de 80 projetos de lei, propostas de emenda constitucional e resoluções que pretendem oferecer uma resposta sistêmica para a corrupção no Brasil. Leia aqui a apresentação das medidas.

Conscientes de que as medidas podem e devem ser aperfeiçoadas, colocamos o pacote para mais uma rodada de consulta, aberta à participação de toda a sociedade. Através da plataforma Wikilegis, convidamos toda a população a conhecer, opinar e apresentar sugestões a cada uma das medidas. A consulta pública fica aberta até 02 de abril.

Clique aqui para participar

Ajude também a divulgar esta iniciativa e fazer com que ela seja uma construção plural da sociedade brasileira.

Via Transparência Internacional Brasil

ObservatórioSocial de Guaíba

O Observatório Social de Guaíba é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos, que faz parte da rede nacional do Observatório Social do Brasil. A Rede OSB é formada por voluntários engajados na causa da justiça social e contribui para a melhoria da gestão pública.